Skip to content

Abres - Associação Brasileira de Estágios

Quem faz EAD pode estagiar?

A lei de estágio também abrange a modalidade EAD como forma de integração e inclusão de novos profissionais

Com os avanços na sociedade, especialmente na área tecnológica, diversos processos ganham novas moldagens. Com a educação não poderia ser diferente. Os cursos de ensino a distância, conhecidos como EAD, são realizados via Internet e apresentam um novo perfil de profissional para sua empresa. Afinal, eles também podem estagiar.

Com o objetivo de ampliar a oportunidade no acesso à formação superior, continuada ou até mesmo nos cursos livres, esse modelo surge e é adotado por muitas pessoas. Segundo o censo de 2017 da ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância, 76% estudam e trabalham, reforçando a necessidade de uma parte da população em busca por alternativas mais flexíveis.

De acordo com a lei 11.788/08, todos os alunos matriculados e frequentando ensino regular têm direito ao estágio. Portanto, quem participa de cursos de educação à distância também pertence a esse grupo e tem direito a realizar a atividade. A modalidade é ideal para quem quer voltar a sala de aula ou tem uma rotina atarefada. Além disso, proporciona conhecimento digital, autodisciplina e um leque de conteúdos disponíveis.

Com o desemprego atingindo 12,4 milhões de pessoas, segundo dados do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, essa também se torna uma possibilidade para quem quer ingressar no mercado de trabalho ou busca sua recolocação, pois possibilita ao estudante ficar na organização por, no máximo, 6 horas por dia e 30 por semana, segundo a lei.

O perfil desses profissionais também impressiona. Por estarem quase completamente ingressados no mundo digital, sua facilidade nessa área pode ser um diferencial na equipe. Além disso, eles possuem um senso de disciplina e responsabilidade notável para entregar bons resultados e manter a produtividade.

Portanto, apostar nesse grupo de talentos é dar oportunidade para muitos jovens e cumprir um objetivo de integração e inclusão de todos os estudantes. Certamente, é um investimento à educação, responsável por inúmeras transformações na sociedade.

Seme Arone Junior é presidente da Abres – Associação Brasileira de Estágios